Biologia da Gemelaridade, por Isabella França Ferreira



Olá a todos!


Você sabe como ocorre a gestação gemelar e quais são suas particularidades?


Para responder a essa pergunta, primeiramente precisamos lembrar como ocorre a formação de um bebê único. De modo simplificado, a gestação singular ocorre quando um óvulo da mãe é fecundado por um espermatozóide do pai, originando o zigoto. O zigoto irá se desenvolver e formar o feto.


A gestação de gêmeos dizigóticos (ou bivitelinos) ocorre quando a mãe libera dois óvulos e cada um deles é fecundado por um espermatozóide, formando dois zigotos diferentes. Como os óvulos e os espermatozóides são diferentes, os gêmeos dizigóticos podem ser do mesmo sexo ou de sexos diferentes. A gestação de dizigóticos também é chamada de dicoriônica- diamniótica, ou seja, cada gêmeo tem sua própria placenta e saco amniótico.





Já a gestação de monozigóticos (ou gêmeos idênticos) ocorre quando um óvulo é fecundado por um espermatozóide formando um zigoto que - por diversos motivos - irá se dividir posteriormente (de 1 a 14 dias após a fecundação) em 2 ou mais (raros). Por terem sido originados a partir do mesmo zigoto, os gêmeos idênticos terão sempre o mesmo sexo. Além disso, quanto mais tardia for essa divisão, maior a probabilidade dos gêmeos compartilharem a mesma placenta e o mesmo saco amniótico. Por isso, a gestação de monozigóticos pode ser classificada como: dicoriônica-diamniótica, monocoriônica-diamniótica ou monocoriônica-monoamniótica.





E seus gêmeos? São idênticos ou bivitelinos? Conte pra gente nos comentários!




Vídeo explicativo para mostrar a formação de bebês singulares: https://www.sciencephoto.com/media/1253280/view


Para saber mais sobre o assunto, acesse outros posts do Painel USP de Gêmeos:


-> Quais são os tipos de gravidez gemelar? https://www.paineluspdegemeos.com.br/post/quais-s%C3%A3o-os-tipos-de-gravidez-gemelar

-> Causas genéticas no nascimento de gêmeos - por Emma Otta https://www.paineluspdegemeos.com.br/post/causas-gen%C3%A9ticas-no-nascimento-de-g%C3%AAmeos-por-emma-otta





Créditos nas imagens: Canva Pro e https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0002937815022358?casa_token=QLn8p9fXfVYAAAAA:3gIsyxkWDkq65hfFYSlwcrQeTgr9GAVCFfpqznYY_kOdDMbudKW2EJ-hhl2UJPxQGyXBsYweIQ.



Texto por: Isabella França Ferreira, doutoranda em Psicologia Experimental pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP) e membro do Painel USP de Gêmeos.


Arte e edição por: Sarah De Luca Silva e Beatriz Wolp.

0 comentário